CargOn - Soluções Logísticas Digital

História dos caminhoneiros no Brasil: você conhece?

A história dos caminhoneiros no Brasil é repleta de muito trabalho realizado por esses heróis anônimos das estradas!

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer a história dos caminhoneiros do Brasil, vale a pena a leitura de nosso post!

No início do século XX, quando chegaram os primeiros automóveis no nosso país, vieram também os primeiros caminhões

Na realidade, eram veículos com um tamanho pouco maior que o dos carros, com uma carroceria para carregamento de mercadorias.

No entanto, o transporte no país naquela época era basicamente realizado através das vias marítimas, ligando as cidades brasileiras pelo nosso imenso litoral.

Neste post, apresentamos a história dos caminhoneiros no Brasil, suas dificuldades, conquistas e a paixão por essa profissão que leva o progresso a todos os cantos do país. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

O início do século XX

No início do século XX, as estradas eram poucas e mal conservadas. O transporte terrestre era uma verdadeira aventura, afinal, não existiam sequer pontes e elevados e utilizavam-se balsas para atravessar rios e lagos.

O transporte rodoviário de cargas era basicamente direcionado para coletas e entregas nas cidades e os poucos aventureiros que circulavam pelas precárias vias existentes enfrentavam todo o tipo de problemas, como:

  • lama,
  • buracos,
  • isolamento social,
  • quebra dos veículos.

Era preciso muita bravura para ser caminhoneiro nessa época, que não contava com nenhum suporte nas estradas.

Se um pneu furasse, por exemplo, o conserto e troca eram feitos pelo próprio caminhoneiro na beira da estrada.

Também não havia locais na estrada para dormir. Era preciso parar o caminhão e fazer o seu descanso na estrada mesmo, sem nenhuma segurança, principalmente em locais mais afastados das grandes cidades.

A construção de rodovias no Brasil ocorreu de forma efetiva a partir da década de 1940 e a produção de asfalto em larga escala começou apenas em 1954.

A história dos caminhoneiros em um país rodoviário

O surgimento da indústria automobilística nacional aconteceu na década de 1950 e foi a partir da inauguração de Brasília, em 1960, que o governo passou a investir na construção de estradas, com o objetivo de ligar todos os cantos do país.

Nessa época, o transporte rodoviário ganhou força e até hoje continua crescendo, com um índice de 60% das mercadorias transportadas através desse modal.

A profissão de caminhoneiro também surgiu de maneira intensiva nessa época e ganhou espaço durante o período da ditadura militar, entre 1964 e 1985, quando esse profissional fazia parte das propagandas do governo, que o associavam ao progresso do país.

Apesar dos incentivos ao ofício, a informalidade sempre esteve presente na vida dos caminhoneiros e, até hoje, mesmo diante da legislação, é comum observar milhares de profissionais dessa área atuando sem qualquer tipo de garantia.

Os problemas das estradas

Infelizmente, no Brasil, as estradas pavimentadas representam apenas 13% do total e os problemas com a conservação dessas vias de transporte são grandes.

A história dos caminhoneiros mostra que esses profissionais sempre enfrentaram dificuldades e ainda hoje continuam convivendo com questões sérias nas estradas, principalmente nas regiões distantes do litoral e das grandes cidades.

O fato é que com todos os desafios logísticos, o profissional do transporte rodoviário de carga continua integrando o país, e muitos deles chegam a trabalhar 12 horas por dia para isso.

A greve dos caminhoneiros de 2018

A greve dos caminhoneiros de 2018 comprovou a força dessa classe, pois muitos transtornos foram vivenciados a partir da falta de mercadorias nos supermercados, combustíveis nos postos e sérios problemas de logística em todos os estados.

A verdade é que muito ainda precisa ser feito para melhorar a história dos caminhoneiros no Brasil em curto prazo.

No momento atual, temos a esperança de dias melhores para a classe que, certamente, continuará, por um longo espaço de tempo, sendo a responsável pela movimentação da maioria dos produtos no país.

Afinal de contas, como diz a famosa frase estampada em muitos veículos de carga: “sem caminhão, o Brasil para”.

A CargOn, através de sua plataforma digital, busca agregar cada vez mais transportadores e embarcadores, facilitando operações e diminuindo os custos operacionais, e se solidariza com a história dos caminhoneiros no Brasil, os verdadeiros heróis das nossas estradas!

Busque o que precisa :)

Categorias do Blog

Mais conteúdos

Deixe aqui seu e-mail

Enviaremos novidades e atualizaçãoes sobre o mundo logístico

Compartilhe essa postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Mais em nosso blog