Medida Provisória 1153/22 – Quem paga a conta?

No final do ano passado, foi aprovada uma Medida Provisória que altera a Lei nº 9.503 que é referente ao Código de Trânsito Brasileiro. Dentre as principais alterações, destaca-se a obrigatoriedade do transportador na cobertura do “seguro de carga”. O que antes era “opcional” e podia ser custeado até mesmo pela indústria, agora passa a ser de responsabilidade do transportador.

Segundo as informações do site oficial do Senado Federal, a obrigatoriedade da contratação abrange 3 tipos de seguros de cargas:

– Cobertura de perdas ou danos causados por colisão, abalroamento, tombamento, capotamento, incêndio ou explosão;

– Cobertura de roubo, furto simples ou qualificado, apropriação indébita, estelionato e extorsão simples ou mediante sequestro afetando a carga durante o transporte;

– Cobertura para danos corporais e materiais causados a terceiros pelo veículo utilizado no transporte rodoviário de cargas.

CargOn oferece diversas soluções para atender operadores logísticos e indústrias. Uma possibilidade é a criação de uma transportadora interna visando a redução de custos para contratação do Plano de Gerenciamento de Riscos (PGR). Isso alivia diretamente o bolso do contratante devido ao grande volume à ser transportado, sendo a ferramenta ideal para a gestão e subcontratação de transportadoras.

Nesse contexto, a CargOn oportuniza a esta transportadora emitir seus documentos fiscais de forma automatizada, eliminando a auditoria de frete e padronizando toda a operação, entregando agilidade avançada na operação. Tudo isso certamente tem um impacto positivo direto na logística e transporte e pode ser muito relevante para o seu negócio! Quer saber mais? Acesse nosso site AQUI.

Compartilhe essa postagem

Deixe aqui seu e-mail

Enviaremos novidades e atualizações sobre o mundo logístico

    Mais em nosso blog

    Custos logísticos: quais são os maiores e como reduzi-los

    Sabemos que aproveitar de forma eficaz os recursos financeiros da empresa é algo essencial para garantir um desempenho sustentável. Nesse sentido, os custos logísticos têm um papel central no controle financeiro do negócio. Isso porque, além de tomar medidas que tornem a logística menos onerosa, a gestão dos custos logísticos também permite otimizar a operação, o que pode gerar mais receitas.

    Dia da logística: origem e importância

    O Dia da Logística é comemorado em 06 de junho, tanto no Brasil quanto em diversos outros países. Essa data visa reconhecer a importância do setor logístico no país, que hoje representa 13% do PIB nacional. Como se trata de uma área que engloba diversos ramos desde a indústria até o transporte, muitos profissionais são lembrados na data.