17 de abril de 2020

Desafios logísticos durante a crise do Coronavírus

compartilhe

Em questão de alguns dias o Brasil passou a entender o duro golpe que o mundo inteiro está enfrentando.

O novo corona vírus, mesmo que já tão anunciado, pegou os brasileiros de surpresa, e principalmente a economia brasileira que vinha em retomada.

Por mais que problemas econômicos já sejam velhos conhecidos por aqui, desta vez enfrentamos algo totalmente novo, já que boa parte dos setores estão parados e sem produzir.

Como não poderia ser diferente o setor logístico no país está sendo altamente impactado, para ter uma ideia (75%) da produção do país é escoada pela malha viária, seguida da marítima (9,2%), aérea (5,8%), ferroviária (5,4%), cabotagem (3%) e hidroviária (0,7%), segundo a pesquisa Custos Logística no Brasil, realizada pela Fundação Dom Cabral.

Tendo em mente que sofremos com isso, qual o impacto para o setor logístico?

O setor portuário sobre tudo os prestadores de serviços que dependem de movimentação do porto, serão muito afetados, por outro lado, o agronegócio sentirá menos, pois os alimentos são necessários e mesmo que se adaptem também, precisarão de escoamento rápido e eficaz.

“Ninguém será mais afetado do que o setor de carga aérea e as transportadoras que atuam diretamente com carga expressa e super expressa. Os aeroportos terão sua atividade reduzida a praticamente zero em função do isolamento social.

Para as empresas que atuam exclusivamente no transporte rodoviário expresso, o resultado será inverso, e provavelmente, altamente positivo.” Segundo Marco Antônio Oliveira Neves, em artigo publicado pela Revista Mundo Logístico.

Em resumo todo transporte que depender de modal diversificado e que não seja exclusivo de cargas, e cargas que sejam de bens considerados não essenciais, sofreram um golpe grande durante esta crise.

Já os bens mais importantes precisaram continuar sendo entregues, e de forma diversificada.

Exatamente nesse sentido se encontra oportunidades para o mercado se reinventar e evoluir, empresas que conseguirem enxergar mais uma vez na crise as oportunidades, podem além de conseguir manter seu faturamento o mais saudável possível, também cria, novas oportunidades de negócio e se posicionarem de forma distinta e importante no seu respetivo setor.

CargOn contra o Corona

Nesse sentido a CargOn está disponibilizando o uso de toda a plataforma gratuitamente para embarcadores e transportadoras, por 30 dias, enquanto estivemos enfrentando esta pandemia.

Já que nossa plataforma é totalmente digital, ela colabora para minimizar os contatos físicos dos processos, além dos benefícios de uma gestão mais prática e eficaz, trazendo maior produtividade ao seu negócio.

Benefícios

  • Eliminação de envios de documentos físicos; – Monitoramento completo da carga;Indicadores precisos;
  • Motoristas de forma rápida e segura;
  • Aumento de até 40% com o uso da CargOn como plataforma digital de fretes;
  • Redução no prazo médio de faturamento de transportadoras;
  • Registro de ocorrências em tempo real.

Saiba mais sobre o projeto

2 respostas para “Desafios logísticos durante a crise do Coronavírus”

  1. […] a maior parte da produção brasileira é escoada por malha viária (75%), estes resultados apresentados pela CNT mais que acendem um […]

  2. […] tempos normais, cortar custos é uma necessidade. Em momentos de crise, como na pandemia de Covid-19, cortar custos é uma obrigação para que empresas consigam sobreviver. Mesmo com o aumento da […]

Assessoria e mentoria

Integrações